08/11/2017 às 10h42min - Atualizada em 08/11/2017 às 10h42min

Com a volta do período chuvoso um velho problema volta à tona:

A falta de pavimentação e o abandono do poder público em vários bairros revolta Bonjesuenses.

Flávio Fonseca - Portal Gurguéia

São milhares de impostos que a população têm que pagar todos os meses:

IPTU, IPVA, Energia, Água, imposto disso, imposto daquilo, e ainda assim o pobre sofre por questões básicas, que são de responsabilidade exclusiva do poder público.

Com a tão esperada chuva na região sul do estado, mais especificamente em Bom Jesus, o velho problema dos bairros Consórcios das Águas 2, COHAB, Alphaville, Chapadinha e Aeroporto novamente preocupam e causam transtornos aos munícipes.

A falta de pavimentação e saneamento básico fazem com que apenas alguns milímetros de chuva causem um verdadeiro descontentamento com algo que é tão benéfico, como a chuva.

Ruas alagadas, enlameadas, esburacadas são os meios que as pessoas têm para ir ao trabalho, deixarem seus filhos na escola e fazerem suas atividades.

Muito se fala no potencial econômico de Bom Jesus, no quanto a cidade é desenvolvida, recebendo o título de “Capital do Agronegócio”, “a cidade dos doutores”, mas em contrapartida a situação se contrasta com essa infeliz realidade.

O que falta de fato é um olhar com mais carinho por parte dos gestores e políticos à população que vivem nesses bairros, pois certamente os grandes e poderosos que moram em condomínios não sabem o quão sofrido é essa realidade.

 

Essa coluna expressa a opinião do colunista que aqui assina: Flávio Fonseca

Link
Relacionadas »
Comentários »