REPORTAGEM

'Rodovia da Morte' vai ter R$ 30 milhões para região de tombamentos
Cronograma prevê reformas para pontos mais críticos entre Elizeu Martins e Bom Jesus





 O governo do Piauí divulgou nesta sexta-feira (30) que conseguiu junto ao Governo Federal a liberação de R$30 milhões para obras na BR-135, que é conhecida como rodovia da morte. O presidente da Associação Piauiense dos Municípios (APPM), Gil Carlos, contou que a proposta é que sejam realizadas ações imediatas para amenizar o problema ao longo da BR-135.

“Neste momento, existe uma empresa responsável pela manutenção daquela estrada. Ela tem um contrato vigente que está sendo executado. Então procuramos garantir recursos para que a empresa continue fazendo ações e focando nos pontos que são mais críticos entre Elizeu Martins e Bom Jesus, onde são registrados maiores e mais frequentes ocorrências”, disse.

Ainda de acordo com Gil Carlos, a empresa já está no local e irá atuar com os R$30 milhões e mais R$70 milhões já disponíveis no contrato. “Acredito que assim possa se concretizar a intervenções que amenizem o problema, mas a proposta é que de 2018 a 2020, haja novos recursos para se contemplar toda a extensão da rodovia. Não irá resolver, mas irá amenizar a situação para e o mais importante, reduzir o número de acidentes e mortes que tenham acontecido naquela estrada”, falou.

A configuração da estrada que tinha tamanho reduzido, ainda era de PI, mas passará por mudanças se adequando a sua nova nomenclatura e tamanho, já que agora será uma BR.

“O que atualmente é conhecida como estrada da morte, nós queremos que fique conhecida como estrada do desenvolvimento, para isso a plataforma da estrada deve ser alargada chegando a 11 metros, que atualmente tem seis metros e o acostamento que é de escape deve ser aumentado para cinco metros que é um padrão que dá mais segurança a trafegabilidade”, falou Gil Carlos.




Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



REPORTAGEM  |   25/10/2019 09h47





REPORTAGEM  |   20/10/2019 16h03


REPORTAGEM  |   28/07/2019 18h35