REPORTAGEM

Piauiense é acusado de matar amigo por causa de 'bombinhas' em São Paulo
Natural de Simplício Mendes, ele é suspeito de dois crimes na cidade




Emerson de Sousa e Rafael Silva( Foto:Reprodução Brasil Urgente/Band)

O piauiense Emerson de Sousa, 31 anos, é acusado de matar o próprio amigo identificado como Rafael dos Santos Silva, 27 anos, em São Paulo, no dia 1º de janeiro. Ele está foragido e vai ser indiciado por homicídio qualificado por motivo fútil.



Ele teria se desentendido com o amigo Rafael ainda durante a festa da virada de ano. A vítima estaria comemorando com outros amigos soltando bombinhas, até que enfurecido, o piauiense causou uma confusão por causa do barulho. Segundo um primo da vítima, Emerson mudava de comportamento quando estava sob o efeito do uso de drogas.



No dia seguinte, Emerson teria ido pedir desculpa ao Rafael pelo desentendimento, mas quando parecia que tudo havia se acertado, o piauiense atirou na vítima que foi atingida por dois disparos. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital. 



O criminoso teria fugido do local do homicídio e arremessado a arma utilizada em uma caçamba de lixo. O armamento foi emprestado por Marlon Arraes Ferreira e retirado do lixo por  Edson Santana da Silva que foram presos em flagrante. Com um deles ainda foi encontrado um celular roubado.



Emerson é natural de Simplício Mendes. Um agente de Polícia Civil, que não quis ser identificado, informou que ele é suspeito de dois crimes de tentativa de homicídio na cidade piauiense.




Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



REPORTAGEM  |   25/10/2019 09h47





REPORTAGEM  |   20/10/2019 16h03


REPORTAGEM  |   28/07/2019 18h35