SAÚDE

OMS: 60% a 70% da população terá que ser vacinada para imunidade de rebanho
"É muito importante que realmente comecemos a obter mais informações sobre o que as vacinas fazem, não apenas para prevenir doenças, mas para realmente prevenir a aquisição do vírus", disse O'Brien.




Imagem ilustrativa

Cientistas da Organização Mundial da Saúde (OMS) estimam que cerca de 60% a 70% das pessoas nos países precisarão ser vacinadas contra o coronavírus para que a imunidade de rebanho seja atingida.


Em uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira, 27, a especialista em vacinas da OMS, Kate O'Brien, disse que ainda não estava claro se as vacinas contra covid-19 podem reduzir a quantidade de pessoas infectadas ou a capacidade de pacientes de espalharem o vírus. Mas ela disse que estudos de modelagem sugerem que até 70% da população precisará ser imunizada para que as pessoas estejam protegidas da doença.


"É muito importante que realmente comecemos a obter mais informações sobre o que as vacinas fazem, não apenas para prevenir doenças, mas para realmente prevenir a aquisição do vírus", disse O'Brien.


Diretor de emergências da entidade, observou que, em algumas situações, direcionar a vacinação a determinados grupos pode ser mais importante do que imunizar toda a população. "Vimos em muitos grupos que apenas 20% dos casos transmitem para outras pessoas, 80% não transmitem para ninguém", disse ele.


"Acho que precisaremos ser muito mais cirúrgicos e precisos sobre exatamente quem é o alvo da vacinação. Pode ser muito mais importante atingir certos segmentos da comunidade", completou.



Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






SAÚDE  |   15/04/2021 07h59