SAÚDE

Piauí chega a 2.644 óbitos em decorrência da covid-19, diz Sesapi
De acordo com o boletim, das 128.432 pessoas que contraíram o vírus no Piauí desde o início da pandemia, 125.320 já estão curadas e 281.956 casos foram descartados.




Foto: Reprodução Google

Boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) na noite desta terça-feira (01), informou que o número de óbitos por covid-19 (coronavírus) no estado subiu de 2.634 para 2.644 e a quantidade de casos confirmados passou de 127.686 para 128.432. Foram 10 mortes nas últimas 24 horas e 746 novos casos, sendo que grande parte destes é de dias anteriores, conforme a Sesapi.


De acordo com o boletim, das 128.432 pessoas que contraíram o vírus no Piauí desde o início da pandemia, 125.320 já estão curadas e 281.956 casos foram descartados, após a realização de testes rápidos e exames no Laboratório Central do Piauí (Lacen).


Seis homens e quatro mulheres não resistiram às complicações da covid-19. Elas eram naturais de Avelino Lopes (84 anos), Canto do Buriti (67 anos), Capitão de Campos (65 anos) e Itaueira (70 anos). Já os homens eram de Angical do Piauí (89 anos), Barras (81 anos), Bela Vista (86 anos), São João do Piauí (72 anos), São Pedro do Piauí (67 anos) e Teresina (61 anos). Duas das vítimas não possuíam comorbidades.


Dos 746 casos confirmados da doença, 457 são mulheres e 289 homens, com idades que variam de um mês a 95 anos.


Os casos confirmados no estado somam 127.686 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 2.634 e foram registrados em 197 municípios. Até agora, morreram 1.534 homens e 1.100 mulheres.


Situação diária de internações


Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 468 ocupados, sendo 284 leitos clínicos e 175 UTIs e nove em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 6.621 até o dia primeiro de dezembro.



Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






SAÚDE  |   15/04/2021 07h59